Buscar
  • Auma Tecnologia

Tecnologia no agro: uma história de evolução.



A agricultura já passou por muitas evoluções ao longo dos séculos. A introdução de animais para a realização de trabalhos como arar a terra, pode ser chamada de tecnologia. Até o final do século XX, os animais eram comumente usados, mas logo cederam lugar para os tratores. A agricultura 2.0 permitiu o nascimento do agronegócio. Produção em escala, novas máquinas que ampliaram a capacidade do campo em diversos aspectos.


Os produtores começaram a sentir a importância da tecnologia para mitigar efeitos de intempéries, e até se antecipar com a previsão de geadas, chuvas, seca e todo evento climático que antes causavam perdas irreparáveis e com a chegada das estações metereológicas.


A tecnologia a favor do campo começou a despontar, inclusive, com o GPS (Sistema de Posicionamento Global por Satélite), que na década de 90 foi muito usado para mapear áreas produtivas e trabalhar com o manejo eficiente de recursos. Com a chegada do GPS, a agricultura 3.0 chega e traz inovações, foco em sustentabilidade, e agrega a automação para coletar dados e começar a trilhar o caminho da agricultura de precisão.


E se em cada nova necessidade global, demanda por alimentos, o agronegócio se transforma, junto chegam novos dispositivos para atender a cadeia produtiva. A internet revolucionou diversos pontos, e claro que o agro não ficou de fora. Nos últimos anos, novas tecnologias tem surgido e as percepções também mudam. Drones, IoT, biotecnologia, dispositivos controlados a distância e tantos outros trazem o momento 4.0 na agricultura.


O Brasil estreou no início de julho a conexão 5G no país, e há mobilização política para que este marco seja um divisor de águas, levando conexão de forma efetiva para o campo brasileiro. Com a chegada de tantas novidades, o mercado de trabalho já sente os impactos e profissionais preprados para receber e implantar estas tecnologias no campo estão escassos, tornando sua mão de obra valorizada.


E diante de tantas evoluções, da mais simples, às mais complexas, a tecnologia e o agronegócio vão caminhar lado a lado. Hoje estamos com a internet das coisas, lavouras automatizadas, máquinas de grande porte como colheitadeiras que são pilotadas remotamente e em breve, o metaverso será parte do cotidiano do agro mundial.


Por aqui, aguardamos os novos rumos do agro 5.0!

13 visualizações0 comentário